01 novembro 2005

"Lembrar o futuro"

“Vivemos a viajar entre o passado e o futuro” explicou Dan Potter, um dos fundadores e actuais directores criativos do TeenStreet, na primeira reunião deste ano, justificando o tema de 2005 “A Máquina do Tempo – lembrar o futuro”. 

Para mim pessoalmente foi uma semana em cheio. Era “caloira” no TeenStreet e fui logo “praxada” como monitora de um grupo de adolescentes (a minha “NET”), algumas das quais ainda não conhecia. Fui com o objectivo de dar, mas acabei por receber de Deus e das pessoas. Aprendi muito com tudo o que vi e experimentei… decisões e constatações que me vão ajudar na viagem da vida, entre o passado e o futuro.

Tomei algumas notas acerca das fases deste percurso que qeuro partilhar contigo… Põe o cinto de segurança e prepara-te. Vamos viajar!

Passado
O que ficou para trás, mas cujas memórias permanecem contigo. Memórias boas, agradáveis e divertidas. Memórias de sucessos, de conquistas. Mas também episódios cinzentos, dias negros, momentos dificeis de ultrapassar e noites sem dormir. O passado teve de tudo e por isso, no presente, vives com a herança desse misto de riso e choro, de bom e de mau.

O que importa é entregares esse passado a Deus. Entregares o que alcançaste de positivo e agradeceres-lhe por Ele te ter ajudado a conquistar essas alegrias. Entregares as coisas negativas, os teus pecados, os teus erros, traumas, máguas… colocar tudo aos pés da cruz e depois confiar em Jesus para te limpar totalmente e curar as feridas profundas da alma.  “Ele cura os que têm o coração partido e trata dos seus ferimentos” (Salmo 147:3)

Talvez precises também de falar com um amigo mais experiente para te ajudar. Pode ser o teu pastor, o teu professor de ED, um amigo crente mais velho que te possa ouvir, aconselhar e orar contigo. Deus usa as pessoas para nos ajudar… mas procura as pessoas certas dentro da igreja. “Sem conselhos os planos fracassam, mas com muitos conselheiros há sucesso.”(Provérbios 15:22)

Presente
O agora, o dia de hoje, cada minuto e segundo em que te moves e vives actualmente. É o tempo da acção. O tempo do movimento. O tempo das decisões. Decidir o que fazer com o passado, o que sonhar para o futuro… como dirigir a tua vida. Que atitudes? Que amigos? Que namorado(a)? Que curso? O que fazer? Como? Porquê? Escolher as motivações que te levam a tomar determinados passos. És tu que guias a tua vida ou é Deus?

O que importa é viveres o presente com Deus. Guiares a tua vida na Sua vontade. Procurares ser sensível à voz do Espírito Santo, quando lês ou ouves a explicação da palavra de Deus. Ter sabedoria e paciência a tomar decisões que não se limitam à vontade moral de Deus, mas têm haver com a tua vida em particular.

Diz em Provérbios 12:15 “O caminho do insensato aos seus próprios olhos parece recto, mas o sábio dá ouvidos aos conselhos.” É preciso pensar, ponderar, jejuar, orar, orar, orar, orar e orar ainda mais ANTES de agir. Ouvir Deus e ouvir também as pessoas. Não tenhas vergonha de pedir ajuda… tal como para o teu passado, no que toca o teu presente, a experiência dos outros é uma mina de ouro. Descobre pessoas equilibradas e com bom testemunho. Ora a Deus antes de procurar ajuda.

Futuro
O que há-de vir, o amanhã, o desconhecido, o mundo que ainda tens por descobrir. Os sonhos, os desejos, as ambições que tens. O que gostarias de ser ou fazer. As pessoas que vais conhecer. As experiências novas e emocionantes. As lutas e batalhas que irás travar contigo mesmo e com o Inimigo. É a adrenalina de descobrir o que Deus tem para ti alguns passos à frente.

O que importa é aguadares o futuro que Deus tem para ti. Não viveres com ansiedade e dúvida, mas confiar que Ele tem o melhor do melhor para a tua vida. Entrega os teus sonhos e perguntas a Deus e espera. Deixa tudo nas Suas mãos. “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com acções de graças.” (Filipenses 4:6)

Enquanto o futuro não chega, vive o AGORA com os olhos postos em Deus. Acredita que o percurso é perigoso, mas emocionante, no entanto se deixares ser Deus a guiar-te a chegada ao Céu é certa. Prepara-te para aterrar no melhor dos destinos, para passar uma eternidade com  Deus e os teus irmãos, os teus companheiros de viagem. E, já agora, se não nos formos vendo por aqui, espero que lá nos possamos encontrar…

Boa viagem!

Ana Ramalho


in revista Boa Semente, secção BSteen, Novembro 2005

Sem comentários: