18 março 2009

Sábado... Qual é o teu?


Hoje acordei a pensar nisto... se o sábado era um dos "motivos fortes" para os religiosos do tempo de Jesus ficarem furiosos, que tipo de "sábado" encontraria Cristo hoje?

Ou seja, que tipo de coisas, ideias, conceitos, preconceitos, tradições ou hábitos seriam usados por mim como justificação para O condenar? Que barreiras iria eu colocar?

Provavelmente não iria falar no "sábado"... como ser humano finito que sou, trataria de inventar alguma coisa que, com boas intenções, privaria os outros de aceder às bençãos de Cristo e à Sua maravilhosa operação no espírito, alma e corpo de cada pessoa, que Ele ama (independentemente da condição) e deseja salvar.

Quantas vezes troco a graça de Deus pela minha Lei, pelo meu preconceito, pela minha falta de humildade em reconhecer que posso estar errada... Mas Ele é perfeito!

"Deus, ajuda-me a não fazer nada que impeça os outros de Te conhecer. Ajuda-me a reconhecer-te na minha vida e a compreender quem Tu és e como queres que eu seja, através da Tua Palavra, e não de 'outras' palavras."

Assim seja!

Sem comentários: