07 outubro 2009

O primeiro e o último

Tu és o primeiro. Aquele que já existia antes de tudo. Sem princípio. O Criador do Universo.

Mas tantas vezes não és o primeiro na minha vida? Já perdi a conta das oportunidades que desperdicei ao decidir por mim mesma o rumo da minha vida... Eu fiquei em primeiro lugar. Alguém ficou em primeiro lugar. Alguma outra prioridade removeu-Te do trono... O meu orgulho e teimosia derrubaram a Tua primazia em mim... preferi ser eu a controlar...

Tu és o último. O consumador. Aquele que não tem fim. Eterno. Todo-poderoso. Digno de toda a glória e honra!

Mas quantas foram as ocasiões em que foste o último alvo do meu louvor? Em que não Te dirigi a glória por aquilo que fizeste através de mim, em mim e por mim... Os elogios que orgulhosamente guardei para mim mesma, como se eu fosse detentora de algo que não Te pertença... Os desfechos vitoriosos que atribuí apenas ao meu esforço pessoal esquecendo que a minha capacidade vem de Ti... A minha ingratidão egoísta simplesmente porque naquele momento não Te estava a ver agir na minha vida...

Tu és o primeiro. Tu és o último. Simplesmente, és.

Sem comentários: