01 dezembro 2013

A escova especial

Andaste desde segunda-feira a “sonhar” com a quarta-feira. Ias ter a tarde livre e podias dormir uma sesta. Mas, ao almoço recebeste um sms da tua mãe “limpa o teu quarto e aspira a casa, por favor”. Não te apetecia muito, mas sabes que deves ajudar... e a verdade é que, desde que começaram as aulas, o teu quarto não tem uma limpeza “a sério”.

Pano do pó, aspirador, e lá vais tu! Secretária: OK. Estante: OK. Cómoda: OK. Roupeiro: OK. Cama: OK. Mesa de cabeceira... “AH! Tanto pó...” queixas-te enquanto limpas o livro que tinhas prometido ler todos os dias: a Bíblia.

Hoje podemos ter a Bíblia em livro, em áudio, no smartphone, no tablet, no portátil... mas será que por termos mais lemos mais? Um dia destes invento uma “escova especial” para Bíblias em formato livro, porque, infelizmente, temos muitas Bíblias em casa, mas somos capazes de não a ler durante dias, semanas e até meses. Uma escova especial para este fim dava muito jeito!

Sabes, a Bíblia não é um “acompanhamento” na vida cristã. Ela é o nosso “prato principal”. Assim como precisamos de ter uma alimentação saudável para o nosso corpo, precisamos de alimentar bem a nossa alma. “Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus.” (Mateus 4:4, ARA).  Pedro aconselha “desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo.” (1 Pedro 2:2)

No entanto, para termos um corpo são precisamos, além de uma boa alimentação, exercício físico. O mesmo acontece na vida com Deus. Não basta estarmos “a abarrotar” de Bíblia... é preciso exercício! “Ponham a palavra de Deus em prática e não se contentem com ouvi-la, porque desse modo enganam-se a si mesmos. Aquele que se contenta com ouvir e não põe em prática a palavra é como alguém que se vai ver ao espelho. Vê a sua cara mas, mal se volta, esquece-se logo de como era. Pelo contrário, aquele que presta atenção à verdadeira lei, a da liberdade, e que continua a fazer caso dela, não é como um simples ouvinte que se esquece logo. É alguém que ouve e pratica. E assim é que ele encontrará a felicidade.” (Tiago 1:22-25, BPT)

Estou contigo!

Ana Ramalho Rosa

in revista BSteen, dezembro 2013


Texto escrito conforme o novo acordo ortográfico

Sem comentários: