O melhor do mundo

Bem, o verão não começou lá muito bem para quem gosta de futebol. Portugal foi eliminado do Mundial e os fãs ficaram desiludidos.

Geralmente, quando jogamos à bola e temos o melhor jogador da escola na nossa equipa, achamos que o jogo já está ganho. E pensamos o mesmo em relação ao Mundial... “Ah, temos o melhor do mundo, ninguém nos ganha!”

Mas às vezes, termos aquilo que parece ser o melhor do mundo pode ser mais estorvo que ajuda... Afinal, o que é que o mundo tem para nos oferecer que seja assim tão bom? Fama, dinheiro, sucesso, carros potentes, roupa gira, o último grito em smartphones... Sim, é uma grande lista, mas será que é isso que nos devia encher o coração?

Jesus diz-nos que nós falamos consoante o que temos no coração (Mateus 12:36), que quem vive com o coração nas “coisas” tem problemas de juízo (Lucas 12:21) e que na nossa vida só há espaço para um Senhor: Ele ou o melhor do mundo (Mateus 6:24).

Muitas vezes, aquilo que o mundo tem para nos oferecer como bom, altamente e do melhor, acaba por ser precisamente o contrário. Quando escreve ao jovem Timóteo, Paulo diz-lhe que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males e que por causa disso, muita gente se tinha desviado da fé em Cristo (1ª Timóteo 6:10). Tal como “o melhor do mundo” não valeu de grande coisa a Portugal no Mundial, podes ter a certeza que o melhor que o mundo tem para te oferecer não vai valer grande coisa  daqui a uns tempos.
Ser o melhor do mundo não garante nada, ter o melhor que o mundo quer oferecer pode sair-te muito caro.

Já Camões dizia que “o melhor de tudo é crer em Cristo”. Paulo diz-nos que mesmo tendo sido um dos melhores no que fazia (antes de conhecer Jesus), a partir dessa altura, passou a achar que tudo o que tinha conquistado não valia nada comparado com o amor de Jesus (Filipenses 3:7,8).

Com Jesus não tens o melhor do mundo. Tens o melhor dos melhores, aquele que nunca pecou, que viveu de modo perfeito, que foi em tudo obediente ao Pai. Com Jesus tens o melhor de todos os tempos, amor que sara, amor que protege, amor que faz viver.

Para quê quereres o melhor do mundo, quando Aquele que é o melhor de todas as coisas te quer a ti?

Ricardo Rosa

in revista BSteen, agosto 2014


Texto escrito conforme o novo acordo ortográfico

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Teresa — até que todos ouvissem...

5 mitos acerca da chamada a tempo integral

A (des)ilusão da autoajuda