Frases#1 - Ser filho(a) de Deus

Aqui ficam alguns pensamentos recolhidos das minhas conjeturas no Facebook acerca do tema "Ser filho(a) de Deus".

ADORO [ser Tua filha] DEUS

Ser filho com mentalidade de servo é tão mau como ser filho com mentalidade de ditador, mas os sintomas são diferentes!

Filhos que servem ou Servos com rotulo de filhos? Pai, ajuda-me a perceber que 1º que tudo sou Tua filha. Assim seja!

Ser filho de Deus. Não basta nascer, é preciso crescer. O teu alimento determina também o teu crescimento. O que comeste hoje?


Ser filho de Deus é um privilégio! É BOM e MARAVILHOSO saber que a nossa identidade está assente na verdade da sua graça e misericórdia.
No entanto, Paulo explica aos Efésios que a nossa identidade deve refletir-se no nosso caráter "Como filhos que imitam o pai que muito os ama, procurem seguir o modelo de vida que Deus vos propõe." E nesse capítulo 5 continua a descrever que tipo de atitudes devemos ter.
A grande questão hoje é que procuramos mais os benefícios e privilégios de filhos do que temos a atitude humilde e submissa de servos. Temos muito que aprender com Jesus... "Que haja assim em vocês a mesma atitude que houve em Cristo Jesus, que, embora por natureza sendo Deus, não reivindicou o ser igual a Deus, mas desfez-se das suas regalias próprias, e tornando-se um ser humano, tomou uma posição de dependência, humilhando-se a ponto de se sujeitar voluntariamente à morte; não a uma morte vulgar, mas à morte da cruz." (Filipenses 2:5a8, O Livro)

A grande questão que preciso fazer como filha de Deus é se o meu ADN corresponde ao do Pai em tudo o que penso, digo [escrevo] e faço. O resto é "folclore cristão"

Olha-te ao espelho e pergunta: "Espelho meu, espelhou meu, haverá filho (a) mais amado (a) do que eu?" O espelho não responde, mas o Pai diz: "Não há! Eu amo perfeitamente essa pessoa imperfeita que vês no espelho... mas se queres ver a expressão do meu amor por ti, mais do que veres a pessoa bonita que criei, olha para a cruz e vê até que ponto te amo".

Se não servimos Deus, servimos as coisas. Enquanto vivemos para TER e não para SER nunca alcançaremos a felicidade verdadeira: aquela que só temos quando nos satisfazemos em SER filhos de Deus, e saber que Ele cuida de nós em tudo quando nós sabemos ser bons mordomos de tudo o que Ele nos dá.


Quando estamos mal sabemos ligar para o 112... infelizmente fazemos muitas vezes o mesmo com Deus. Ele não é o Médico de Família. É o Pai da Família. Em vez de sermos um filhos mimados e amuados por coisas que não valem nem 1% o drama que fazemos, que tal darmos valor àquilo que Deus nos dá a 100%...


© Ana Ramalho Rosa


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Teresa — até que todos ouvissem...

5 mitos acerca da chamada a tempo integral

“Tá a escaldar!”