Time’s up! Acabou o tempo!


Vivemos com pesos em cima. Vários pesos que nos arrastam para baixo e quase nos afogam nas rotinas do dia a dia. Vivemos em contra relógio, sempre a tentar ganhar e contar o tempo. E dizemos que tempo é dinheiro, que não temos tempo a perder, que o nosso tempo é precioso.

A nossa vida é medida em ciclos de tempo. Como aprendeste na escola, 60 segundos fazem 1 minuto, 60 minutos fazem 1 hora e 24 horas fazem 1 dia. Medimos esses dias por calendários, marcamos datas especiais e dias importantes. Vivemos com um relógio sempre a marcar o tempo. Não nos podemos atrasar para as aulas, não podemos esquecer que temos trabalhos para fazer, coisas para estudar, sítios onde ir…


E tempo para nos divertirmos? Não podemos deixar de o ter! É impossível não ter tempo para vir com alguns Vine’s, tentar criar meme’s, ver as séries da moda ou gastar umas horas no Call of Duty. E compras? Bem, quando estamos nas compras parece que o tempo para só para nós, estamos no meio de tanta gente e tanta coisa, que supostamente o relógio congelou…

Em certas alturas, desejamos que os dias tenham mais do que 24 horas. Noutras, apenas pedimos que o fim do dia venha rápido. Passamos pelo tempo, crescemos e ficamos mais velhos. No fundo, vivemos dia após dia, julgando que dominamos aquilo que é impossível dominar.

Gastamos tanto tempo com tantas coisas, mas o essencial está nesta pergunta: E quanto tempo passamos com Deus? Podemos pensar que pelo facto de Ele nos acompanhar todo o dia (Salmo 139:7), não existe necessidade de tirar tempo a sós com Ele. E de que não vale a pena orar porque Ele já conhece o que vamos pedir (Mateus 6:7,8).

Em parte estamos certos. Ele guarda-nos todo o tempo e conhece tudo o que vamos pedir. Mas como Pai que é, quer passar tempo connosco e mimar-nos. Deus ama cada um de nós mais do que podemos imaginar (João 3:16, Efésios 2:4,5). E quer que desfrutemos desse amor continuamente (1ª Pedro 5:6,7).

Não deixes acabar o teu tempo sem Lhe dizeres o quanto O amas e o quão importante Ele é! Tempo com Ele não é tempo perdido, é tempo investido! Investido no crescimento do Seu Reino, de fazer a Sua vontade, de dizermos tudo o que temos cá dentro e de O ouvirmos.


Ricardo Rosa


in revista BSteen, março 2015

Texto escrito conforme o novo acordo ortográfico

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Teresa — até que todos ouvissem...

5 mitos acerca da chamada a tempo integral

“Tá a escaldar!”