Meio ano...

Fazemos este mês meio ano de BSteen em 2015. Tem sido um desafio fantástico, com muitas oportunidades concedidas e muitas lutas. Mas ainda acreditamos que o melhor está por vir!

É verdade, levantámos a fasquia, mas queremos que possam desfrutar ainda mais deste ministério durante o resto do ano. E podem perguntar, “mas a BSteen é um ministério? O que é isso?”. Ora bem, assim em traços curtos e sem ser muito nerd, um ministério é algo que representa um meio de servir a Deus. Falar de Deus aos amigos é um ministério. Ajudar os pobres é um ministério. Trabalhar esta revista todos os meses, muitas vezes com desafios o tamanho mails e mais mails, com toneladas de criatividade… É algo que é um desafio be-ru-tal (podem ler brutal, foi só para soar mais novo).


Cada BSteen é uma oportunidade de mudar uma vida. É mais um bocado daquele alimento que não vai para o estômago, mas que alimenta o coração e a alma. E aqui fica o meu desafio este mês… Em seis meses, já puderam ver a qualidade dos textos e imagens que toda a equipa produz. Não somos milhares, nem centenas. Somos algumas pessoas, de várias cidades, culturas, idades e gostos que “dão o litro” (e às vezes são muitos litros) para abençoar.

Continuamos um sonho que não fomos nós a começar, lutamos para alcançar adolescentes para Jesus, para reforçar a fé daqueles que já creem… E tudo o que fazemos, é com base em algo que aprendemos com Jesus: “É mais feliz quem dá do que quem recebe.” (Atos 20:35b, BPT) e “Receberam de graça, deem de graça” (Mateus 10:8, BPT).

Portanto, não percam o ânimo! Preparem-se para mais desafios, testemunhos que vos abalam, textos que vos “partem a cabeça”. Fiquem sempre sensíveis ao que o Espírito Santo vos traga a cada letra, cada palavra.

Nós estamos cá e queremos abençoar-vos! Queremos ver-vos crescer e crescer convosco! Ofereçam BSteens aos vossos colegas e familiares, enviem-nos notícias, textos e ideias. Tornem-se parte deste ministério connosco! E sigam o conselho e encorajamento de Paulo:

Posso enfrentar todas as dificuldades naquele que me fortalece. Contudo, fizeram bem em compartilhar as minhas dificuldades.” (Filipenses 4:13,14, BPT)

Ricardo Rosa


in revista BSteen, junho 2015

Texto escrito conforme o novo acordo ortográfico


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Teresa — até que todos ouvissem...

5 mitos acerca da chamada a tempo integral

A (des)ilusão da autoajuda