Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2012

Valoriza-O!

Imagem
O tema da BSteen deste mês é “Valoriza-te”. Sim, todos temos valor aos olhos de Deus. Ele ama-nos tanto que enviou Jesus para morrer pelos nossos pecados e fazer-nos amigos de Deus, mesmo quando estávamos pouco interessados nisso. Nós não merecemos o amor de Deus, no entanto, Ele ama-nos e deseja que possamos viver com Ele para sempre. Esse era – e é – o Seu plano. A opção de segui-l’O (ou não) está sempre do nosso lado.

Deus dá-nos valor embora nós, por nós mesmos, não o mereçamos. Por Seu lado, Deus tem TODO o valor e Ele merece-o! Deus merece que O valorizemos com toda a nossa vida, força, talento, energia e tempo. Precisamos valorizar Deus mais do que a nossa própria vontade. Como falámos o mês passado, amar a Deus não é apenas uma intenção, sentimento, uma ideia bonita, uma frase que dizemos a cantar... tem que ser visto na prática. Como? Valoriza-O! É o que a Bíblia quer dizer com “Ama o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma, com todo o teu entendimento e co…

José e Maria - Um casal dedicado a Deus

Imagem
De todos os casais bíblicos, aquele que mais rapidamente vem à mente de alguém quando se fala em família, é o casal Maria e José. Invariavelmente, pelo Natal, o quadro do presépio alude à maravilhosa história de amor de Deus pelo ser humano, na qual este casal um papel importante.

Várias coisas podem ser ditas sobre ambos, mas a maioria vai centrar-se na figura de Jesus. Não existe como escapar, até porque Cristo é o centro do nosso viver (afinal, Ele deu a Sua vida por nós, para que nos tornar filhos de Deus). Mas muitas vezes, talvez por motivos tradicionais religiosos, as figuras de José e de Maria são mal interpretadas. O relacionamento entre Maria, José e Deus, não se resume a serem pais de Jesus. Pela Bíblia são-nos dados traços, que nos demonstram que ambos eram pessoas dedicadas e comprometidas com Deus. Vamos meditar nisso…
Acerca de Maria, sabemos que que era virgem nazarena, da Galileia e noiva de José (Mateus 1:18; Lucas 1:26-27), próxima de Deus o suficiente para admitir qu…

Palavras esbanjadas de uma pobre criatura

Imagem
Sem teto nem abrigo. Sem moda nem traje acetinado. Sem obesidade, mas vivendo morbidamente pelos cantos da cidade. De olhar longo e acolhedor, no meio dos trapos velhos, esperava o momento atabalhoado do banho, da sopa quente, do aperto de mão caloroso na entrada do albergue. Uma rotina de quem se perdeu na vida e se reencontrou na dependência dos outros – para o básico e o trivial. Sem as luzes da ribalta que sonhou. Sem o sucesso profissional de antes. Sem os mares de gente que aplaudem as palavras, os sons, as imagens ilusórias deste mundo mergulhado no consumismo atroz, fornecedor de um conforto efémero, ladrão da paz. Pobre. Dependente. Quero ser como esse mendigo. Dependente do Teu abraço, da Tua provisão, do Teu amor. Quero vaguear sem outra satisfação que não seja a Tua presença. Quero ter-Te, conhecer, acima de tudo. Desesperada por Ti. Sei que não vou mendigar o Teu amor, pois esbanjaste-o à frente de todos, quando o Teu Filho morreu por mim, morreu por nós. Sei que não o mereç…