Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2009

Destinos e proximidade

Imagem
Deus é verdadeiramente bom para com Israel, para com todos os que têm um coração puro.


Quanto a mim, por pouco me ia desviando do caminho recto, quase escorregava. Pois tive inveja do bem-estar dos soberbos e dos que rejeitam Deus.


Eles não têm medo de morrer. O seu poder é garantido. Não se vêem metidos em dificuldades, como toda a gente, nem rodeados de problemas. Por isso o orgulho é como um ornamento das suas vidas. Vestem-se de violência como da melhor roupa que têm! Têm os olhos arregalados de cobiça, e a mente cheia de ambições. É gente corrompida, que só sabe tratar de maldade e de opressão. Tudo o que dizem é sempre com arrogância. Quando abrem a boca sempre têm que praguejar contra o céu. Têm uma língua tão maldizente que é capaz de varrer a Terra toda. E assim o povo de Deus fica frustrado e confuso, aceitando tudo o que eles dizem. E vão-se perguntando a si próprios: Será que Deus, lá no alto, sabe o que está a acontecer?


Esta gente é contra Deus, e vive em plena segurança. E…

Distâncias

Imagem
Hoje, através do GPS, podemos saber exactamente qual a distância entre um lugar e outro... e até podemos escolher vários trajectos, com mais ou menos quilómetros, para lá chegar. Esta é uma das maravilhas da tecnologia. Tempo previsto, custo previsto, distância prevista... ajuda-nos a fazer contas se vale a pena nos deslocarmos na nossa viatura ou de transportes públicos. Podemos prever a hora de chegada... Que conforto! Mas esta facilidade em calcular distâncias em termos físicos ainda não chegou a outras vertentes. Qual a distância entre o pai violento e o filho amedrontado? Entre a esposa desgastada pelas inúmeras tarefas e o esposo egoísta? Entre o amigo ferido e aquele que o magoou? Entre o empregado sobrecarregado e o patrão desumano? Nos relacionamentos as distâncias podem ser tão ambíguas mas, simultaneamente, tão reais e presentes. E qual a distância entre nós e Deus? Quantos passos nos separam? Quando Jesus esteve entre nós, cruzou-Se com vários tipos de pessoas. Um dia, um mes…

Ser ímpar...

Imagem
Um. Ímpar. Por opção ou simplesmente pelo percurso de vida, cresce o número de ímpares na sociedade e na igreja. Há alguns meses organizei um jantar com algumas pessoas ímpares, como eu. Quem são os ímpares? Solteiros, divorciados, viúvos. Aqueles que têm mais tempo livre (normalmente) e mais disponibilidade... até para se deixarem envolver pela solidão. Depois de algumas conversas, começámos a falar sobre como nos sentíamos em relação às outras pessoas, à igreja, à forma de gerir e programar a nossa vida. Foi muito interessante perceber algumas coisas que tínhamos em comum, apesar das diferentes situações em que nos encontrávamos. Quando os amigos crentes casam e alguém do grupo fica solteiro mais um tempo, independentemente das razões, começa uma fase de isolamento inconsciente. Ninguém faz por mal, porque cada família tem o seu espaço e a sua vida... mas “acaba o culto, cada um vai para a sua casa... e nós também não temos grande alternativa...”. Outra questão apontada foi o facto de s…

Ser ímpar...

Imagem

Macacada

Imagem
Posso pensar por mim ou sou “macaquinho de imitação”? Há muitos anos que não vou ao Zoo, mas até que não era má ideia ir visitar a família...  “A minha família vive numa jaula, anda a saltar de ramo em ramo e a fazer caretas para os fotógrafos. Passam horas a ‘catar’ piolhos uns aos outros e a meter-se com quem passa. Chimpanzés, macacos, gorilas – é com eles que vou passar o próximo Natal.” Bem, a esta altura já estás a por em causa a minha sanidade mental... mas fica descansado. O ridículo da situação foi propositado! Quando estamos na escola, naquelas aulas acerca da origem da vida e da espécie, apresentam-nos mil e um argumentos da chamada Teoria da Evolução, do Big Bang, etc. Embora seja apenas uma teoria – uma hipótese que não está 100% provada – é vista como a única verdade acerca da nossa origem. Ficamos a pensar que somos primos do macaco... Só falta mesmo dizer que vamos trocar presentes no Natal, e fazer férias no Zoo para recordar os “tempos de infância”! É pena não nos darem ou…