Um simples homem com uma missão importante

Era um homem simples, que amava a Deus. Vivia em Damasco, e não podia imaginar a missão que Deus tinha para ele, nem o resultado da mesma.

Um dia, Ananias tem uma visão. Jesus desafiou-o com clareza, sem margem para dúvidas: “Prepara-te, vai à Rua Direita e, em casa de Judas, pergunta por um homem de Tarso chamado Saulo. Ele está a orar e teve uma visão em que lhe apareceu um homem chamado Ananias, que entrou e impôs as mãos sobre ele para que tornasse a ver.” (Atos 9:11-12, BPT)

A resposta de Ananias é a que qualquer um de nós daria (versículos 13 e 14). O que ele sabia era que Saulo perseguia os cristãos, e que vinha à zona de Damasco para isso mesmo. Ananias não sabia o que tinha acontecido nessa viagem: Paulo tinha-se rendido a Cristo (lê os versículos 1 a 9).

Jesus tinha um plano específico e claro para este ex-perseguidor , e explicou a Ananias: “Vai, porque eu escolhi esse homem para ir falar de mim aos pagãos, a reis e ao povo de Israel. Eu mesmo lhe mostrarei o muito que tem de sofrer por causa de mim.” (Atos 9:15-16, BPT). Ananias foi, acreditando naquilo que Jesus lhe tinha dito, obedeceu e orou por Saulo. Este, voltou a ver (ele perdeu a visão quando caiu no caminho para Damasco), foi cheio do Espírito Santo e batizado.

Afinal, Ananias, um homem simples que só aparece duas vezes mencionado na Bíblia (Atos 9:10-17 e 22:12-16), teve um papel importante na história da Igreja. Saulo, que mais tarde ficaria conhecido como apóstolo Paulo, foi alguém que Deus usou realmente de uma forma impressionante - a maioria do Novo Testamento é escrita por ele e muitas das igrejas do primeiro século foram resultado do seu trabalho para Deus.

Sabes, Deus deseja que sejamos pessoas com um coração simples, aberto e puro, para Lhe obedecer em amor. Isso é o mais importante! Ele quer usar-nos para que a Igreja possa crescer, quer em número, quer em qualidade e maturidade. Para isso, fica atento(a) às oportunidades que surgirem à tua volta para servi-Lo – seja na tua família, na escola, na igreja onde congregas... Ele quer que sejas um filho que O ama, obedecendo e servindo com a atitude certa.

“Não façam nada por ambição pessoal nem por orgulho, mas, com humildade, considerem os outros superiores a vós próprios. Que ninguém procure apenas o seu interesse, mas também o dos outros.” (Filipenses 2:3-4, BPT)

Estou contigo!


Ana Ramalho Rosa

in revista BSteen, agosto 2014

Texto escrito conforme o novo acordo ortográfico

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Teresa — até que todos ouvissem...

5 mitos acerca da chamada a tempo integral

“Tá a escaldar!”