Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2007

Quem é Jesus, afinal?

Imagem
Nesta época, apesar do espírito consumista vigente, as pessoas estão mais abertas para ajudar o próximo, ser solidárias e, em muitos casos, dedicarem-se à religião tradicional. É o “menino Jesus” representado e apresentado na televisão, nas decorações, na iluminação pública. Um Jesus indefeso, pequeno, singelo.
“E ele lhes disse: Mas vós, quem dizeis que eu sou?” (1) A pergunta que Jesus fez aos Seus discípulos continua a soar e a precisar de uma resposta de cada um de nós que O considera Mestre e Senhor. Temos tendência para pensar em Jesus filtrando a concepção de Cristo através dos nossos próprios conceitos e preconceitos adquiridos ao longo da vida.
Com o passar dos anos coleccionamos peças do puzzle que construímos, pedaço a pedaço, criando o nosso próprio conceito de Jesus. MAS, a que fonte estamos a recorrer? Aquilo que ouvimos e pensamos precisa ser passado e repassado por aquilo que Ele diz e pensa.
O Evangelho não nos autoriza a criarmos um Jesus à imagem dos nossos desejos pess…

O grande encenador

Imagem
Mudar de vida, mudar de cena, mudar de prioridades. Este ano passou a correr. Olhando-o de longe, parece que começou ontem e termina amanhã. Mas, vendo-o de perto, ao recordá-lo semana a semana, reconheço que houve minutos quase tornados eternos pela dor e horas de festa que pereciam infindáveis. Tudo isto é tão próprio de nós, dependentes de horários, relógio e calendários. O maior bem que temos para gerir enquanto vivemos é mesmo o nosso tempo. Quando falamos de prioridades, falamos do modo como encaixamos tudo o que precisamos fazer no nosso dia, na semana, no mês, no ano e na vida. Penso que o Marcos Neves faz uma boa reflexão acerca disso este mês, numa das próximas páginas. Mas eu queria convidar-te para ver este assunto numa outra perspectiva. Como humanos podemos planear fazer algo numa determinada altura. Dirigir a nossa vida familiar, emocional, escolar ou profissional num certo sentido. Dar prioridade a alguém ou a alguma actividade em detrimento de outra. Sejamos sinceros:…