Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2010

“Está tudo bem, senhor Doutor!”

Imagem
Entrou no consultório com um sorriso de orelha a orelha. Roupa impecável. Olhar comprometido. Gracejar estudado, mas pouco convincente, como se estivesse a querer apenas fazer tempo e sair dali depressa. 

Depois de uma breve conversa, observei aquele paciente com todo o cuidado. Exames, análises e histórico clínico vistos ao pormenor ditaram o diagnóstico sincero: “Está com um problema cardíaco e parece grave. Precisa de ir ao cardiologista com urgência”

“Problema? Eu? Não...” – disse. “Mas não sente uma dor no peito? Não tem problemas respiratórios frequentes?” – perguntei. A resposta foi desconcertante: “Isso não é grave. Não tive nenhum ataque cardíaco.” Ainda sem acreditar no que ouvia, reformulei: “Mas se os seus exames apontam para um problema no coração... já pensou que pode estar a por em perigo a sua vida?” E o discurso não mudou: “Não... Comigo? Nunca! Está tudo bem, senhor Doutor!”

O pior doente é aquele que, mesmo a morrer, nega o diagnóstico. Prefere apodrecer na sua teimo…

“Galinha motiva tiro na mulher”

Imagem
“‘Ele ficou bravo por causa de uma galinha que faltou na capoeira e atirou para me matar’, descreve Alice Lopes, de 54 anos, baleada pelo ex-marido.”
Já paraste de rir? A mim deu-me mais vontade de chorar! Por causa dum problema tão pequeno, chegou a haver tiros?! Se calhar não era a primeira situação em que se chateavam... mas dai até passar à violência, vai uma grande distância.
Gostava de dizer que nunca fiz “uma tempestade num copo de água”... mas estaria a mentir. Nunca dei um tiro em ninguém, literalmente, mas se calhar fiz isso na minha imaginação (e eu tenho uma imaginação muito fértil).
Foi o teu pai que não prestou atenção à tua pergunta. A tua melhor amiga que se esqueceu do teu aniversário. O teu namorado que passou por ti, mas não reparou no penteado novo... enfim! Pequenas coisas que ficam gigantes não sabemos bem porquê. Os pensamentos vão-se multiplicando, fazemos um filme e entretanto já temos mil e uma razões para detestar a pessoa.
Jesus falou disso quando esteve ent…