23 fevereiro 2016

Obesidade digital, anorexia espiritual

Bolsas, resultados desportivos, novidades tecnológicas, acontecimentos marcantes… Tudo é reportado na hora, numa sociedade híper-informatizada e cada vez mais tecnodependente.

Hoje em dia, tal como argumentado na série “Sob Suspeita”, o maior bem que se pode transacionar não é o ouro, títulos de dívida ou qualquer bem material. É a informação – a aglomeração de dados. E, na ânsia de vivermos tão atualizados, por vezes somos confundidos com demasiada informação contraditória.

10 fevereiro 2016

O que é que me dizes, Jamie Oliver?

Conhecido mais para uns do que para outros, o chef britânico Jamie Oliver “iniciou há 10 anos uma muito pública luta contra a obesidade. Desde tentar, tanto no Reino Unido como nos EUA, mudar as ementas das cantinas escolares até encontrar-se com governantes no sentido de incentivar medidas de controlo do consumo de produtos processados, o cozinheiro de 40 anos tem como missão mudar os hábitos alimentares de milhares”, refere o Jornal de Notícias.

Esta “batalha” que o famoso cozinheiro empreendeu, agora através também de um programa televisivo, é baseada na preocupação de termos uma alimentação sadia, num mundo tão cheio de comida de “plástico”. E, de facto, ter uma alimentação saudável é... saudável, mas nem todos a fazemos, pelos mais diversos motivos. E, quando falamos da maneira como alimentamos o espírito e a alma, poderemos dizer exatamente a mesma coisa.