Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2017

Não há casos perdidos

Imagem
O título talvez faça ressuscitar em alguns episódios impregnados nas células mentais e emocionais desde a infância. “És um caso perdido!” diziam, sem medir consequências. Sem querer entrar num circuito de simplismo e facilitismo descartista, desta vez preencho o espaço com exemplos de carne e osso. Supostos “casos perdidos”. Dou a conhecer rasgos de esperança, percursos reais e presentes.

Era trabalhador, dedicado e muito ligado à família. Tinha um problema de saúde que transportava desde que se conhecia. Os altos e baixos emocionais, por ter uma doença crónica, eram constantes, mas fizeram-no procurar em Deus o seu refúgio. Um dia ganhou coragem de partilhar o seu problema com alguém. A doença ainda estava lá, companheira de todos os dias, e as dúvidas acerca do futuro também. No meio do turbilhão de emoções e  questionamento, não deixou de lutar, de buscar de Deus a força emocional – e física – de que necessitava. As melhorias foram progressivas, em ambas as áreas. Os anos passaram. …