Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2012

“E isto não é uma promoção...”

Imagem
A euforia foi extrema, gerou o caos no momento, a inspeção na sequência, humor e desamores nas imediações. Uma promoção bombástica transformou um calmo feriado numa avalanche de consumismo no meio de uma crise económica. Não sou contra as promoções e as reduções. Quando as empresas seguem regras de boas práticas e são honestas, o cliente tem mais possibilidade de escolher e (aparentemente) pagar menos. O que me preocupa é o estado de histeria a que chegámos... tudo por causa de uma promoção. As imagens e comentários nos media, nas redes sociais, no café da esquina ou no elevador revelaram como, quando estimulados com a ‘cenoura’ do Euro, podemos romper com as boas maneiras, sermos mal-educados e até violentos. Afinal, somos tão volúveis, tão controláveis pelo benefício instantâneo, pela ganância, pelo egoísmo, que nem nos apercebemos disso. Tropeçamos no colega de trabalho na ânsia de pôr no carrinho de compras a nossa subida na carreira; abandonamos a família para aproveitarmos a prom…

Salmologia 5#

Imagem
Experimentado em problemas e aflições, David também era um homem voltado para a reconciliação divina. A religião de David é Deus, porque na verdade, religião[1] é nada mais do que a religação a Deus; o voltar a ter harmonia e paz com Ele.

O salmista pede a Deus que escute as suas palavras, roga que seja escutado o seu discurso e que se possa expressar sobre o que sente. O versículo dois dá-nos a perspectiva do sofrimento daquele momento. Pedir a Deus para considerar o gemer de alguém, é pedir ao Pai que olhe para a ferida de um dos seus filhos e atente bem no seu choro. Mais do que isso, é o clamor de socorro e submissão à majestade e realeza de Deus. Pode existir um choro, uma dor, uma perturbação grande; mas existe também a confiança inequívoca naquele que é o Rei e Deus assumido. David, o rei de Israel, reconhece que o seu reinado está debaixo de um outro reinado. O reinado mortal e finito da humanidade está sempre debaixo do poderio do reinado intemporal e espiritual de Deus…Pode e…

“Não, não e não!”

Imagem
A resposta dos pais foi simples e direta. “Porque é que eles dizem sempre ‘não’?” pensou o Frederico enquanto se estatelava na cama, aborrecido. “Se ao menos eu pudesse fazer tudo o que me apetece como o João e o Nuno... mas os meus pais são uns cortes!”
Tinha sido convidado para uma festa com o pessoal da turma, em casa do Nuno. Os pais disseram-lhe que não o deixavam ir porque, normalmente, aquelas festas acabavam mal. “Mas eu não bebo!” repetia o Fred. “Tu não, mas os teus amigos bebem... Já não te lembras do que aconteceu com o João na última festa? Acabou no hospital, em coma alcoólico. Se quiseres ir jantar com os teus amigos, tudo bem, mas não te queremos em festas desse tipo porque nunca sabemos como podem acabar.”
Naquela noite, o Frederico adormeceu a pensar que os pais lhe queriam “tirar a liberdade”. Às cinco da manhã recebeu um sms do João, em pânico. A Polícia teve que intervir na festa porque houve queixas de barulho da vizinhança. Os pais do Nuno estavam fora e tiveram q…