Mensagens

A mostrar mensagens de 2008

Oração espontânea

Imagem
Pai,

Hoje, descalço as sandálias da minha auto-suficiência, porque preciso estar Contigo. Reconheço isso. Não porque seja uma acção obrigatória, uma mera reacção religiosa, um simples costume, mas porque Te reconheço como Aquele que merece tudo o que sou e tenho. Talvez seja um absurdo, no raciocínio humano, uma atitude tão radical. Mas eu não Te quero apenas como meu Ajudador. Não quero que sejas um simples prestador de serviços, nem um mero S.O.S. nas horas da angústia. Principalmente, quero reconhecer a minha dependência da Tua graça, amor, perdão, justiça, santidade... e de todos os atributos indescritíveis que tens em absoluto... e que eu conheço tão bem no papel, mas preciso reconhecer tanto na minha vida!

Enquanto abandono as minhas sandálias à porta da entrada, penso na emoção, nas sensações efémeras, mesmo que marcantes, que fazem parte da vida Contigo, mas o que me preenche é mais profundo, mais relevante. Estamos juntos todo o dia e conversamos, mas há "aquele" m…

Natal na falência?

Imagem
O Mundo foi surpreendido pela falência do banco de investimento Lehman Brothers (E.U.A.). A economia mundial está caótica. E o Natal? Quando se trata de questões financeiras, não precisamos ser peritos em economia para compreender os dias complicados que estamos a viver. No entanto, poucos sabem que o Natal está na falência. As luzes brilham, as montras despertam a nossa atenção, os spots publicitários deliciam miúdos e graúdos. Mas, onde fica Cristo nisto tudo? Não era suposto celebrarmos o Seu nascimento? Não estaremos a “roubar” a importância de Jesus?
O NOSSO DESFALQUE A nossa sociedade esqueceu a essência desta época festiva. A ênfase está nos presentes (mesmo que o cartão de crédito chegue ao limite do plafond), na reunião da família ou na “caridade de conveniência” que todos temos nessa quadra. Dizemos, com as nossas acções: “Desculpa lá, Jesus! Temos coisas mais importantes do que Tu para pensar nesta época!”. Celebramos o Natal, sem comemorar o nascimento Daquele que Se ofereceu…

Ao Serviço no Natal

Imagem
Nesta época tão especial, mil e uma caras e instituições promovem a ajuda ao próximo. Isso não é mau, muito pelo contrário. No entanto, há quem esteja todo o ano ao serviço do Natal. É bom preocuparmo-nos com os mais carenciados nesta época. No entanto, há quem o faça todo o ano. No meio evangélico, há centenas de pessoas que, dia após dia, servem a Deus através do apoio aos sem-abrigo, comunidades terapêuticas para recuperação de toxicodependentes, entre outros. São voluntários de corpo e alma ao serviço do Natal, todo o ano. Existem centenas de cristãos que após o seu emprego, dedicam o tempo que lhes resta do dia a ajudar crianças e jovens na sua formação moral, espiritual e ética. Servem os mais novos com os seus talentos e tempo, procurando imprimir na nova geração uma relação pessoal com Deus e, por consequência, uma vida de inteira entrega aos Seus valores – aqueles de que esta sociedade tanto necessita. Para estes professores e líderes, o Natal é o ponto mais alto, pois esforçam…

Mensagens

Imagem
No percurso rotineiro casa-trabalho, trabalho-casa, e enquanto passo os olhos pela vida, centenas de mensagens chegam à escrivaninha da minha consciência.
“É tempo...” Parada no trânsito matutino, leio um slogan político “É tempo de lutar! É tempo de mudar!”. Há uma avalanche de lutas por mudança no nosso mundo, especialmente no âmbito económico, político e social, mas também pessoal. A mãe que tem dois empregos luta para dar um futuro aos seus três filhos abandonados pelo pai. O idoso luta para sobreviver à distância da família. O ex-militar perturbado pela guerra, luta com os seus fantasmas de dia e de noite. Eles realmente lutam. E se vencerem? Ficarão 100% satisfeitos? Há uma luta permanente no ser humano, acima da social, da política ou económica. É a luta pela satisfação plena do sentido real da vida. Uma batalha por mudar a rotina da vida superficial, que se fica após 80 ou 90 anos.
“Desligado” 50 metros depois, mais um semáforo que me faz parar. Na berma da estrada, o painel publ…

De que lado estou?

Imagem
Num mundo de pressa constante, decisões, alternativas, qual o meu papel como serva de Deus? Será que Ele fica feliz com a minha intenção e forma de servir? Será que O sirvo como um Pai, um Amigo?

Todas estas questões vieram ao meu coração, em especial, quando observei uma pequena parábola que Jesus usou.


És trabalhador sábio e fiel ao Senhor? Confiei-te a administração da minha casa, a alimentação dos meus filhos dia após dia? Portanto abençoado serás se, quando voltar, te encontrar a fazer sempre fielmente o teu trabalho. Tais trabalhadores porei eu sobre o que tenho.
Mas se fores mau e disseres contigo próprio que o Senhor não há-de voltar tão depressa e começares a maltratar os teus companheiros, fazendo uma vida de luxo e libertina, o teu Senhor, quando chegar sem aviso e sem que o esperes, castigar-te-á severamente e te dará a condenação reservada aos fingidos, mandando-te para onde haverá choro e lamentos de desespero.

(Mateus 24:45-51, versão "O Livro")
Jesus estava a fal…

A fome não está em crise

Imagem
A crise passou do carro para o prato. Esbarrou nos ricos e nos pobres. O mundo atravessa um momento de tensão. Se há coisa que está em crescimento é a fome.


CRISE GLOBAL
Segundo o Instituto Nacional de Estatística (dados de Outubro de 2007), o número de pobres em Portugal chega aos dois milhões, ou seja, um terço da população entre os 16 e os 64 anos.1 Onde há pobreza, há fome.

Há alguns meses um amigo meu comentou acerca de alguns assaltos a apartamentos, numa pacata cidade portuguesa. O que levavam os ladrões? Comida.

Na mesma altura, estava a decorrer em Roma uma cimeira da organização das Nações Unidas para a alimentação e agricultura (FAO). O alvo dessa reunião era discutir a crise alimentar que está a afectar os países mais pobres."Vemos os mercados cheios de produtos e gente que não tem dinheiro para os comprar", disse a directora do Programa Alimentar Mundial (PAM) Josette Sheeran. Segundo ela, os objectivos do PAM passam cada vez mais por dar as populações dinheiro e…