Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2013

Boas notícias

Imagem
Se há 70 anos o mundo precisava de boas notícias... o que diremos dos dias de hoje! Torna-se cansativo ler, escutar ou ver as notícias do dia. Parece que à nossa volta não há nada de agradável a acontecer! O facto é que boas notícias existem... mas, boas ou más, elas são efémeras. Hoje são verdade, amanhã estão desatualizadas. Na realidade, a única Boa Notícia que não muda e continua válida, permanece poderosamente transformadora. Está carregada do amor perdoador e da justiça divina. Está repleta de esperança e segurança. Está munida de verdade e graça – para todos os que a desejam aceitar como real, essencial e viva: “Deus amou de tal modo o mundo que entregou o seu Filho único, para que todo o que nele crer não se perca, mas tenha a vida eterna. Não foi para condenar o mundo que Deus lhe enviou o seu Filho, mas sim para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho único de Deus.” (João 3:16-18…

Eu desisto...

Imagem
O Pedro foi convidado para fazer parte do grupo de louvor e estava super entusiasmado. No primeiro mês, não faltou a um ensaio, mas ao segundo mês a coisa mudou de figura. Pensava que para pertencer ao grupo de louvor bastava ter jeito para cantar. Ensaios, tempo de oração, cultos de ensino, para quê? No terceiro mês, deixou de estar por completo...
A Susana aceitou Jesus com 7 anos e aos 13 foi batizada. Todos reconheciam que era boa amiga e amava a Deus. No 10º ano mudou de escola e fez amizade com o pessoal mais popular. Tentou resistir mas, para não perder a popularidade, começou ir na onda dos amigos: aos intervalos ia para trás do Bloco C dar uma passa, bebia a mais nas festas e começou a namorar o capitão da equipa de basquete. Lentamente foi-se afastando de Deus. Já não queria orar, achava a igreja “uma seca” e quando algum amigo crente lhe tentava ligar, não respondia às chamadas...
Sabes, o Pedro e a Susana têm uma coisa em comum: a certa altura desistiram. O escritor da carta…