Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2016

Um desconforto necessário

Imagem
Era uma época áurea. Havia um ambiente fantástico. Embora houvessem contrariedades, as vitórias e a operação sobrenatural de Deus só davam mais força à verdade que proclamavam – o Mestre estava vivo e desejava salvar, de uma vida sem sabor com um destino infeliz, aqueles que cressem. Nos relatos de Lucas, nos primeiros capítulos do livro de Atos dos Apóstolos, percebemos isso mesmo. Estavam ali, em Jerusalém e arredores, felizes com aquilo que Deus estava a fazer.
A forma de pensar dos discípulos, ainda toldada pelas tradições com que lidaram quase toda a vida, fazia-os olhar de lado ou até ignorar aqueles que eram diferentes, que não faziam parte do povo israelita e/ou não seguiam os seus preceitos religiosos. Durante cerca de três anos tinham acompanhado Jesus. Ele cruzou-Se com gente bem diferente que O procurava, e nunca rejeitou ninguém, antes acolheu. Tinha sido um tempo de aprendizagem, é certo, mas muito ainda o Espírito Santo teria que fazer nas suas mentes e nos seus corações…

Não mata, mas mói…

Imagem
Já diz o ditado popular, “não mata mas mói”. Normalmente, aplicamos esse ditado quando passamos por algo que não nos manda totalmente abaixo, mas que ainda assim consegue causar alguns estragos.
Por vezes, no nosso percurso de vida, passamos por momentos assim. Eu passei um em outubro do ano passado, quando o meu filho andou doente durante duas semanas. Problemas sucessivos, cansaço acumulado, muito stress e pimba! Não matou, mas moeu (e de que maneira).