Cordas

Passo muito tempo na internet e de vez em quando dou com coisas interessantes. Vídeos, textos, imagens… é só escolher!

Ainda ontem à noite, antes de me deitar, estava a passear os olhos por alguns vídeos e dei de caras com um que achei fantástico. Fala de uma menina que vive num orfanato e que repara num menino com problemas graves de saúde, que não se mexia, nem falava.

Enquanto várias outras crianças olhavam para aquele menino, a Maria foi a única que se chegou perto dele e se preocupou em ser amiga dele. E como ele não se conseguia mexer sozinho, ela usou cordas para brincar com ele. Jogaram futebol, saltaram à corda, fizeram milhentas coisas. E as cordas acabaram por ser algo que os ligou e marcou as suas vidas.

Todos nós temos cordas uns com os outros. Coisas que nos marcam, momentos que não se esquecem. Essas cordas atam-se à volta do coração e se umas são boas, as outras nem por isso. Mas a corda mais marcante que dá uma volta ao nosso ser é Jesus. Não vais encontrar nada na Bíblia a dizer que Ele é uma corda, mas é Ele quem nos veio ligar ao Pai novamente (Romanos 3:23,24). É Ele a corda que segura as nossas vidas e tudo o que existe ao nosso redor no devido sítio (Colossenses 1:17). E tal como Ele nos segura com o Seu amor, quer que nós sejamos cordas uns para os outros e que nos amemos (João 15:17).

Seja como o Senhor Jesus ou como a Maria do “Cordas” (o tal vídeo que vi e que vais poder ver este mês na página do Facebook da BSteen), temos a oportunidade de marcar a vida uns dos outros. E a melhor maneira de o fazermos é com um amor espetacular, um amor que “nunca desiste, nunca perde a fé, tem sempre esperança e persevera em todas as circunstâncias” (1ª Coríntios 13:7 OL).

Isolados somos fios frágeis, em Cristo somos cordas que seguram barcos gigantes e super pesados. O plano de Deus para ti e para mim, para todos nós, não passa pelo isolamento. Passa por vivermos ligados uns aos outros, por vivermos em conjunto, em paz e união.

Não queiras ser um fio de cordel ao sabor do vento, torna-te mais um fio desta corda que é a Igreja e vive a vida intensamente!

Ricardo Rosa

in revista BSteen, Novembro 2010


Texto escrito conforme o novo acordo ortográfico

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Teresa — até que todos ouvissem...

5 mitos acerca da chamada a tempo integral

“Tá a escaldar!”