Menos músculo, mais cabeça

De certeza que já viste algum filme de ação… Daqueles em que o herói passa o tempo a lutar e resolve boa parte dos problemas “à pancada”. Parece ser uma boa forma de resolver problemas, até porque normalmente, o herói nunca mais volta a ser chateado por quem é espancado… Mas não é, de certeza, a melhor de todas. Às vezes fazemos e dizemos coisas porque não pensamos antes. E muitas vezes, são coisas que acabam por ferir outras pessoas à nossa volta. Não quer dizer que as façamos com má intenção, com o propósito de magoar essas pessoas a sério. Isso já te aconteceu? A mim já, mas Deus tem-me mostrado várias coisas e dado umas dicas acerca disso.

O livro de Provérbios vem cheio de bons avisos e conselhos que podemos aplicar na nossa vida. Foi escrito pelo rei Salomão, tem 31 capítulos e muitíssimos versículos e bastantes coisas para nos pôr a pensar. Um dos primeiros conselhos e um dos mais importantes diz-nos para tomarmos atenção aos conselhos dos nossos pais e ao que as nossas mães nos ensinam (Provérbios 1:8). Este livro fala-nos muito da importância de usarmos mais a cabeça e menos o músculo. Fala-nos de sermos sábios, ou seja, aprender na Palavra o que Deus nos deseja ensinar, não para sermos mais inteligentes que os nossos amigos, mas para que a nossa vida seja um bom exemplo do que Deus faz em nós e por nós (Provérbios 2:1-10).

Salomão também nos escreve sobre afastarmo-nos do que não é bom para nós (Provérbios 4:14,15), sobre o não sermos preguiçosos (Provérbios 5:6), sobre a importância de sermos justos e corretos uns com os outros (Provérbios 11:1) e também sobre a importância de dependermos de Deus (Provérbios 16:1-3). No fim de tudo, o livro de Provérbios é ainda mais útil que os provérbios populares que ouvimos dos nossos avôs, avós e pessoas com mais idade. São provérbios com mais de dois mil anos e inspirados por Deus. Não são conselhos ou rimas populares, é sabedoria do alto, passada ao Homem para todos nós!

Pensa nisto… Uma ação não pode ser desfeita, mas antes de a fazermos, podemos pensar bem se realmente é isso que queremos fazer. Este é um livro que de certeza te vai ajudar a ganhar sabedoria, além de te dar oportunidade de conhecer mais da Bíblia e do nosso Deus! São princípios que devemos aprender e usar na nossa vida. Não são “receitas mágicas” para a felicidade, mas são ideias que nos podem ajudar a crescer todos os dias…

Mas não te preocupes! Podes (e deves) usar a cabeça para pensar, mas tens um músculo que podes continuar a exercitar todos os dias e de maneira intensa e contínua. O coração! Porque todo o conhecimento que temos, não vale de nada se não tivermos um coração cheio de amor para o distribuir (1 Coríntios 13:2).


Ricardo Rosa

in revista BSteen, setembro 2012

Texto escrito conforme o novo acordo ortográfico

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Teresa — até que todos ouvissem...

5 mitos acerca da chamada a tempo integral

“Tá a escaldar!”