12 abril 2016

Cartão vermelho ao Placard

O problema é geral e preocupa pais e educadores – menores viciado no Placard. Embora a Bíblia não tenha o mandamento “não jogarás”, há três aspetos importantes a considerar neste caso. 

Em primeiro lugar, quando algo nos vicia toma o primeiro lugar na nossa vida - que deve ser o lugar de Deus (e isto está claro nos 10 mandamentos). 

Depois, o jogo é uma forma de conseguir sustento fora dos meios apresentados por Deus (trabalho e generosidade). Basta ler o Sermão do Monte para compreender que Deus cuida de nós e que o dinheiro (interessante que Jesus fala do dinheiro e não de Satanás) pode tornar-se um deus por oposição a Deus. Não temos sorte, temos Deus (que é bem melhor!). 

Finalmente, a ganância é pecado. O problema não é ser ambicioso, mas ser dominado pela ambição e pelo desejo de ter mais - neste caso vemos os adolescentes abdicarem do almoço para jogar. Jesus liberta-nos para vivermos na Sua dependência e em obediência amorosa, e não sermos escravos seja daquilo que for.

Ana Ramalho Rosa

in revista Novas de Alegria, abril 2016. Texto escrito conforme o novo acordo ortográfico



Sem comentários: